sábado, 22 de fevereiro de 2014

Seca

Uma  janela se abre ao céu,
transpondo  horizontes  que
se escondem , mas, que sempre
estiveram  lá...
Uma  janela,  um  horizonte ,
entre  tantos que há!
Um horizonte, marcado  por  infinitos,
onde  o  brilho  do Sol , é  o pote  dourado
esperando...
Esperam os tesouros das noites  de  luar,
dos  dias  chuvosos  ,das  esperanças  que
orvalhadas  nos  olhares tristes,sedentos,
foram  esquecidos pelo  tempo ou  pela
falta  de  zelo de alguns poucos  homens!
Uma janela aberta ao céu, sob  a luz  das
estrelas, dizem  que  um  novo dia  virá e
novas gotas  do céu   molharão , ainda ,
outros  sorrisos, que  pelo  brilho  do
arco-íris, se esconderam na  seca , mas,
não  morreram, apenas  dormem...

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Um poeta

Um poeta , nasce e cresce ,poeta!
Faz dos seus dias, estradas rimando
cores...
Um poeta é escritor  das gentes, dos
que não têm vozes, dos que  lutam  e
sofrem por qualquer motivo de amor!
Um poeta, é pequeno  lapso  de história
contada, com encanto e valor.
Um poeta fabrica sonhos!

Quero Bis!

 Quero bis  das  melhores  letras  musicais, 
das melhores fases, dos melhores tempos...
Para cada hora  em que meus olhos pedem
luz ,vendo os sinais de amor do próximo, que
se abre em sorrisos, que contagiam...
Pelo clarão do Sol,  por tuas chuvas, oh, céus!
Tenho mimos próprios, quero bis! Nos desafios
do  bem  maior,  no nascimento de uma criança
ou numa tela de pintura, num instrumento musical...
Quero bis, a cada hora,  pela vida! Que implora ao
olhar  prepotente e  sem coração, um pedaço
de pão...Quero bis! em cada segundo de perdão...



sábado, 15 de fevereiro de 2014

Amigos...

Amigos de sempre, de todas as horas
Amigos novos e velhos amigos...
Amigos que viram inimigos, os falsos
amigos, os verdadeiros...
Os que, como  químicas  são  sólidos,
compostos com outros mais faceiros...
Amigos dos amigos, pobres ou ricos ,
mas muito amigos!
Amigos de eternidade, coragem em meio
ao medo.
Amigos, sem precisar pagar franquias ou
guardar segredos!
Amigos de sempre e os de nunca mais...
Amigos sinceros e também os que partiram.
Amigos são reais?
Amigos, são!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Um dia...

Um dia negro, um dia branco,um dia
...  uma  noite...um sorriso ou
 um açoite...Sol!
Um grande homem ou um homem grande
...o medo, escravidão!
Suores e trabalhadores, um  grande sonho,
 a liberdade! 
Um dia branco, outro dia  negro...chuvas!
Branco ou negro, de cor,  de conflitos...
Dia branco de amor, dia branco de
dor, ou de arrependimentos!Lei Áurea!
Dia negro de luz e de cantos, mas também 
de mágoas, de tormentos...Negros aflitos!
Dias mesclados,  alvinegros! Num  lindo
tom  de arte em telas, e apreço, misturados 
em outras cores e cores sem aborrecimentos.
Nem o branco, nem  o negro... Mas, quando
tudo ficou cinzento de morte, de dor, de falta
de sorte e de amor, de não cumprimentos...
Dias que os livros não contaram, mas existiram,
promoveram ... E criaram  juntos,  os termos :
Eu sou, Tu és, Ele é, Nós somos, Vós sois,
Eles são... Morenos!
Queremos a cor transparente, queremos a
cor abrangente do verbo amar...e também,
queremos aprender os termos: "Nos  abracemos!"
Somente  assim, cor  seremos!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

O fogo...

A mão inimiga, se estica
em simples gesto,
Acende o palito, o isqueiro,
num único estalo, a faísca  se
espalha...a  chama arde em
meio à palha...
O seco,  o velho, o amarelo,
misturado ao verde do capim,
o tronco, a relva !
Todo o caminho em flor...
o inseto, o ninho, o ninho...
Pobre mãe- passarinho!