terça-feira, 28 de outubro de 2014

É bom...

É bom abrir sorrisos de alegrias ao  
reconstruir o que se julgava destruído.
É bom seguir as nuvens do céu,  
admirar o azul...
Abrir sorrisos de alegria pela vida ! 
Sair de foco,  por um instante apenas... 
Alcançar as estrelas, depois voltar com 
um pouco de seus brilhos nas mãos, para 
completar a magia do tempo...
Encher de luz  o pensamento, na esperança 
de que tudo seja diferente!
É bom sorriso largo, olhar discreto e 
verdadeiro, apoiando a fé na alma de quem 
perdeu os passos!
É bom um sorriso aberto, que se faça o certo!
Que não se apague o mais simples traço de 
ternura, nem a lágrima pura, nem a nobreza de 
intenção...É bom um sorriso bom de candura e 
de satisfação, de um irmão, um amigo...
Que bom e melhor seria, fossem sorrisos nos olhos,
nascidos no coração!

sábado, 25 de outubro de 2014

Há em mim...

Há um Universo para se conhecer!
Uma antiga moldura que se apresenta
ao olhar...que dá realce,  felicidades...
Há uma pequena trilha escondida em 
meus passos, que só percorro quando
me lembro das suas lindas paisagens, da 
claridade e do silêncio que nela habitam.
Nesse Universo, até o respirar é mais 
ofegante pela emoção guardada, e tem 
ainda, um cheirinho de jasmim que me 
faz adormecer em lembranças doces e 
em sonhos que ao longe se vão...
Existe um Universo de continuações, onde 
muitos, desfilam ante meus olhos, que são raros, 
e são simples, intermináveis...que estão em mim,
estão em ti e nos que sondam paisagens... 
nos que acreditam e de algum modo desejam 
sobreviver para desvendá-lo.



Aceitações...

Nem trevas, nem luz! Por sabermos que necessitamos do 
ponto de equilíbrio.
Somos alvos buscando a  perfeição ...
Nem trevas, nem luz, mas apoio recíproco.
Nem o Norte ou o Sul...apenas visão mais precisa no
 alcance  do entendimento.
Nem Leste , nem  Oeste ,   o Sol  nasce para todos.
Nem treva ,nem luz, mas o centro das convicções vindas 
do aprendizado. Em meio à dúvidas, aceitações !
Somos instrumentos de concórdias, e discórdias também, mas, 
os melhores,  quando  atingimos objetivos de amor e afinidades.
Somos a ruptura dos padrões buscando um futuro mais- que- 
perfeito, por acreditar na vida e nas verdades contidas no 
mundo...Somos chamas ardentes que se alimentam de esperanças 
pela paz na Terra.
Nossas direções já  foram marcadas pelo destino natural, basta 
segui-lo. O caminho tem rastros de singeleza e fé!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Idade...

De forma inexplicável, muda-se o jeito, os gestos,
mudam os reflexos, teu semblante numa fotografia.
Aquilo que num tempo foi exuberante e belo, hoje,
foge de ti o riso, o traço leve, permanecem apenas as
imagens amareladas dos dias idos.
Hoje, do que outrora fora radiante, transformou-te 
em figura suplicante...Suplicante de amor e de  
ternura, sem escolhas que te possam parecer seguras
ou brilhantes.
Agora, rígida, ignorada e vacilante é tua morada em
corpo  senil, sobre os ombros caídos o cansaço...a 
espera!
Como companheira em final da existência, de olhar 
fixo no passado, a velhice !
A realidade pura, perdendo -se em ondas de aventuras, 
lembrando as formosuras que não voltam mais...

sábado, 11 de outubro de 2014

Porto seguro...

Ancorar sentimentos em porto seguro,é confiar
novamente,acreditar na magia da vida que se 
encarrega, em ofertar as promessas da alvorada,
sem medos ou decepções,mesmo porque ,as luzes 
quando abrem caminhos ,estas, descem do céu,de 
Deus,do amor e da verdade...
Porto seguro, é liberdade de ir e vir,é sentimento 
puro,ingenuidade.É sabor de vento desempoeirando 
passado,deixando gosto de renovação,é perdão...é 
ficar à espera da transformação,é envelhecer com 
cuidados.
Porto seguro é ter fé inabalável no nosso Criador!

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Que mundo é esse?

Ah, esse mundo...esse mundo tem  prós e contras!
Tem o que faz e o que desfaz,e tem o que conta...
o que aponta,o que se fecha em copas,o que grita!
Nesse mundo ,tem hipocrisias,idolatrias e já teve 
Jó...
Tem alegrias imprimidas e reprimidas em histórias 
sem fim...
Temos fatos ,fotos e glórias,temos o que é raso e o  
que é fundo,tem também submundos,celas e serras!
temos aqui muitas terras e serras que destróem as
florestas,mas,temos primavera!
Nesse mundo, temos que ser fortes,existem concorrentes 
que são "feras"...e feras se extinguindo,mas podemos 
contar com a esperança,aquela que é a "última que morre",
Aqui tem espaço Cósmico que abriga a Lua,as estrelas...
e temos o Sol que abraça com ternura a relva e  a criança 
solta nas ruas...temos parreiras,vinho,uvas!Natal!!!
Nesse mundo, temos a arte, a canção, o gesto, e os que 
são inconsequentes, e ainda soltam balões, fazem queimadas.
Mesmo assim,tem os bombeiros que acreditam em bitucas 
de cigarros, mas, temos tv de plasma, o celular, o pc, Wi-Fi
e sei lá mais o que,dizem por aí que há evolução...
Nesse mundo, ainda se vê enforcamentos, uma decaptação ,
um suicídiozinho aqui e ali, temos guerras, rinhas de galos,
brigas na frente das crianças, pouca fé e muita arrogância!
Ainda temos um botão  de rosa que enfeita a vida e a morte,
as formaturas...os casamentos...Sim! Há casamentos ,há
separações e sofrimentos, e falso amor...abortos!
Aqui temos jovens sonhadores e vazios, mas há os que estudam 
e são perfeitos!Há uma velhice, desamparada no anonimato,e 
criancinhas nos orfanatos,desperdícios e muito mais a se olhar.
Ah, esse mundo é muito velho, muito grande para se contar...

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Um pouco de reflexão...

Deixando de lado, a ideia de conflito entre o bem e 
o mal,mas pensando no conflito sobre o conhecimento 
e a ignorância...Havemos de imaginar,o quanto esse 
conflito nos incomoda.
Se há conflito promovido pela ignorância,junto ao
conhecimento ,o mesmo já não é completo,e não será 
cem por cento,pois,o equilíbrio do que se pode chamar 
conhecimento,não causará conflito,por saber que os 
que carregam ignorância,não terão o mesmo nível de 
persuasão,tão pouco,a compreensão no que se diz ser 
conhecimento.Portanto,a ignorância poderá se esconder 
em desculpas,até que acorde,porém, o conhecimento em 
conflito com a ignorância,estará exercendo também um
descuido imperdoável,mesmo porque, os ignorantes na 
sua maioria,se conflituam com seus afins...

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Esperança.!

Acredito que os homens terão a chance de desfrutar do 
bem e do amor.Um dia, tudo será diferente, menos ódios, 
menos guerras, não  mais haverá violência contra as 
mulheres...não haverá abortos, nem crack, nem desrespeito
aos idosos, ou egoísmos sem limites.Creio que um dia o amor
vencerá.Uma criança não precisará mais esmolar o alimento 
nas ruas...Pais não abandonarão seus filhos, mães também 
não.O alcoolismo desaparecerá de vez, assim como a miséria  
e a fome.
Creio que um dia, não muito longe, a pedofilia será erradicada 
dos cérebros dementes, insanos... Talvez, haverão vacinas contra  
todos os tipos de sentimentos de ciúmes, ou mesmo de invejas...
Haverá um dia, em que os homens vão se orgulhar de serem 
quem são, usarão máscaras para serem aceitos, só no carnaval, 
e o "carnaval",só de alegrias verdadeiras, não para haver guerras 
de escolas de samba.Um dia, o vale quanto pesa, servirá apenas 
como medida de massa, não como medida de desigualdade
social, nem mesmo para humilhar alguém...
Acredito que dia virá, em que nós "humanos", o seremos de verdade.
Seremos Humanos, o suficiente para termos a sensibilidade de olhar 
nos olhos uns dos outros e pedir desculpas, por nossas transgressões, 
nossos erros mais banais...Talvez, até tenhamos a sorte, de que ao nos
perdoarem, nos ensinem de novo o que é pureza, sem preconceitos.
Sei também, que as religiões caminham para um único fim, Deus...
É preciso haver conflitos, para se ter mudanças e concórdias...mas, 
serão conflitos teóricos, não "guerras santas"! Aprenderemos com as 
diferenças, não com o orgulho! Creio que, com humildade verdadeira, os 
homens e mulheres  se unirão mais. A dor, nas doenças, serão apenas 
uma desculpa para nos levar à outros níveis de evolução.
Quanto ao mal, a violência se enfraquecerá, à medida em que o amor 
florescer nos sorrisos infantis, e os brinquedos, fizerem parte da fantasia real...

O mel...

O mel do teu sorriso é pleno,é iluminado!
Das coisas que deixam marcas,que doem,
que atormentam...que dão pesadelos,
cujo alívio só vem,trazido pelo olhar que 
aconchega , que cura...
Cura que se origina entre as flores, apagando 
o fel!
Ah! O que seria de mim, não fosse assim , o mel 
do teu sorriso a destilar grandezas de amor e 
fruindo de mansinho o sabor da vida...